Trends

Volvo C40 Recharge

Conduzir um Volvo nunca foi tão aliciante

A Volvo, marca de automóveis sueca, que pertence ao Grupo Geely, revelou o novo C40 Recharge, que será apenas e só 100% elétrico, numa iniciativa em que fica salientado que a fabricante prepara caminho para a eletrificação total da marca em 2030, ano em que será produzido o último veículo de combustão. Se a segurança sempre foi o seu absoluto atributo, tendo ganhado centenas de prémios ao longo dos anos, a preocupação mantém-se, mas junta-se-lhe a preservação do planeta, como afirma Håkan Samuelsson, CEO da Volvo Cars: "A sustentabilidade é tão importante para nós como a segurança, dedicamos o nosso negócio a ajudar a proteger as vidas das pessoas, seja dentro ou fora dos nossos automóveis; vamos agora mostrar a mesma dedicação ajudando a proteger o planeta”.
Com planos bem definidos, a Volvo Cars assume que todos os seus veículos serão elétricos e vendidos online a médio prazo, estando prevista a supressão de todos os seus automóveis com motores de combustão interna, incluindo os híbridos. A aposta nas vendas online vai ao encontro do seu propósito de sempre, o conforto do cliente, a que se junta agora a transparência e uma oferta mais completa sob o nome Care by Volvo, onde a marca assume que o veículo é entregue ao cliente, em duas semanas, com tudo incluído, seguro e manutenção, mediante uma prestação mensal e com quatro meses para cancelar o contrato.

"A sustentabilidade é tão importante para nós como a segurança”
 
Ao optar por um Volvo C40 Recharge vai encontrar um crossover, disponível em sete cores, de linhas seriamente avançadas com 4,43 metros de comprimento, tejadilho descendente e traseira com aspeto de coupé, como vem acontecendo cada vez mais na oferta premium, sendo este um veículo equipado com tudo o que é necessário e mais o que nunca se imaginou num automóvel. No interior, apresenta uma luxuosa sofisticação onde a harmonia e o conforto foram elevados ao extremo oferecendo uma posição de condução que vai ao encontro das preferências dos condutores, não havendo quaisquer componentes de origem animal, o que representa uma nova interpretação do luxo, onde a retroiluminação cria um ambiente contemporâneo no habitáculo. E as luzes de pixel exteriores reconhecem facilmente os outros utilizadores da estrada. Na cidade ou em plena autoestrada, a condução com um só pedal oferece um controlo confortável, enquanto a aceleração rápida e fluida permite que o C40 Recharge proporcione uma experiência emocionante. A propulsão é garantida por dois motores elétricos localizados nos eixos dianteiro e traseiro. A capacidade de bateria é de 78 kWh, sendo capaz de carregar, em 40 minutos, 80% do seu limite, oferecendo uma autonomia de 420 km, WLTP, a qual será melhorada ao longo do tempo através das atualizações de softwareover-the-air
Já em termos de resposta, o C40 Recharge pode ir de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e tem uma velocidade máxima de 180 km. Com alguns anos pela frente, que serão decisivos para aperfeiçoar todos os seus automóveis, a Volvo Cars pretende ser líder mundial no segmento elétrico de vendas online. Henrik Green, Chief Technology Officer (CTO) da marca sueca, explica que "o objetivo é criar produtos atraentes que provoquem mudanças na sociedade, e o C40 Recharge representa o futuro da Volvo e a direção que pretende seguir, tanto no fabrico, como na forma de o adquirir”. 

"C40 Recharge representa o futuro da Volvo”

No que diz respeito ao sistema de infotainment, este é o melhor do mercado; desenvolvido em pareceria com a Google, tem na estrutura o sistema operativo Android, oferecendo as aplicações da gigante tecnológica e os vários serviços integrados como o Maps, Assistant, e a Play Store. Desafiando as configurações convencionais, a Volvo Cars equipará os seus 100% elétricos com pneus Recharge, para uso durante todo o ano. Com um único conjunto será possível conduzir em múltiplas condições climáticas e vários tipos de estrada, mantendo sempre certificação energética classe A. Gisela Blomkvist, responsável pelo Centro de Sustentabilidade da Volvo Cars, avança dizendo que "os pneus Recharge são o que de mais fantástico se pode oferecer aos condutores, já que não têm de se preocupar em fazer qualquer troca para enfrentar uma estrada seca ou molhada, ajudando também a contribuir para um planeta mais limpo com a redução de emissões de CO2”. 
Em 2030, quando todos os automóveis Volvo forem 100% elétricos, a marca festejará 103 anos, já que foi a 14 de abril de 1927 que o primeiro veículo, equipado com motor de 4 cilindros com 28 cv, atingindo 90 quilómetros por hora, batizado de "Jacob”, saiu da linha de montagem na cidade de Gotemburgo. E, em 1959, quando foi introduzido o cinto de segurança de três pontos, a marca sueca, assume que cerca de um milhão de vidas foram salvas e a Sonda Lambda ou Sensor EGO introduzida nos Volvo em 1976 reduziu as emissões de carbono em 90%, estando agora presente em todas as marcas do mundo. Com o lema "As pessoas em primeiro lugar”, os fundadores Assar Gabrielsson e Gustav Larson elevaram os padrões de segurança no automóvel ao patamar máximo, agora e no futuro esta promessa mantém-se, mas junta-se-lhe o respeito pelo meio ambiente e preservação do planeta. 
Cristina Freire
T. Cristina Freire
F. Direitos Reservados
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi