José Carlos Oliveira

“Pela radicalidade de um gesto simples”

José Carlos Oliveira

Próxima Opinião

O papel da Arquitetura de Interiores

Mário Picouto

Designer de Interiores

Mário Picouto

A aquisição de um imóvel é sempre um passo importante na vida de quem o adquire. É um investimento enorme, muitas vezes para a vida toda. Assim, há que o tornar o nosso cartão-de-visita.
Para mim, os espaços são um reflexo daquilo que somos, das nossas vivências, das nossas emoções, dos nossos gostos… Daí que considere que deve dar-se muita atenção à decoração dos mesmos e transformá-los numa extensão de nós.
Como profissional na área de Interior Design, não há nada mais deprimente do que olhar para um imóvel, muitas vezes de valor bastante elevado, e observar que não houve o mínimo interesse e/ou cuidado com a decoração do mesmo, tornando-o frio e impessoal.
A fase da decoração é sempre bastante intensa, pois é como vestir um espaço nu com as melhores roupas e dar-lhe um visual único, exclusivo, confortável… Assim, é sempre importante que haja uma ligação entre a decoração, a arquitetura, bem como entre o seu ambiente envolvente, de modo a que exista uma harmonia entre todos os elementos no seu global.
Quando sou abordado para a execução de algum projeto, tenho sempre o cuidado de conhecer bem o cliente, os seus gostos, as suas vivências, observar o seu estilo e forma de estar. É meio caminho andado para que o projeto seja bem-sucedido, pois os espaços que crio são para serem vividos pelo cliente e não por mim, apesar de estar sempre presente o meu cunho pessoal em todos eles, sejam de arquitetura ou design de interiores. Este é um ponto fulcral, o que faz com que na maioria das vezes eu acabe por criar uma relação de amizade com os clientes, que perdura para além do projeto.
Isto para mim é a essência da decoração… aproximar as pessoas, fazer com que as mesmas descubram um pouco de mim através do meu trabalho.