Window on the Lake

Olhar sobre o lago

Simples, com o lago tranquilo à vista e a natureza a servir de pano de fundo, a Janela do Lago fica no local onde antes existia uma antiga casa de família. Foi projetada pelo gabinete de arquitetura Yh2. Toda a moradia foi construída em madeira, tanto por dentro como por fora. A poucos metros dela permanece o Lago Plaisant, na região da Mauricie, em Québec. O projeto integra a vontade que o arquiteto teve em capturar a vida familiar. Com efeito, a casa de madeira, que transmite simplicidade e aconchego, permite uma comunhão com a natureza. Esta é uma casa de férias. E quem não gostaria de lá pernoitar, observando o correr das águas do lago e escutando o vento soprar nas árvores em dias de vento?! Pousada sobre o tapete relvado, o volume respira pureza e permanece em sintonia com a clareira e o lago. No exterior da moradia, as paredes revestidas com as tábuas de cedro branco dão mais leveza à habitação. Também os seus vidros altos permitem uma ligação profunda entre os interiores e o exterior, principalmente do lado sul, onde o vidro proporciona uma ligação direta entre o lago e os espaços de convivência. É de acrescentar, ainda, que nesta casa a entrada de luz é constante. Os pilares de madeira e as vigas pintadas de branco dão ao imóvel um contraste de sombra e luz. Dispõe de dois quartos no rés do chão e, no segundo andar, de uma área grande de dormir aberta, com capacidade para acomodar 12 pessoas. Simples e pura, assim se define a Janela do Lago.